DICA RDP Importância da Calibragem dos Pneus
Atualizada em: 04/06/2019 12:50

Todo motorista sabe que não se pode dirigir com pneus descalibrados, porém muitos não se importam com esse detalhe e viajam sem se importar com esse detalhe, sendo que se preocupar com a calibragem correta dos pneu pode ser um fator crucial para evitar um grave acidente.

 

O pneu descalibrado perda a aderência com o solo, sendo assim, em caso de uma frenagem brusca, há um aumento dignificativo na distância percorrida. Além disso, em caso de chuva, essa perda de aderência causa maior risco de aquaplanagem.

 

Outro fator muito importante é que rodar com os pneus descalibrados causam um consumo maior de combustível, já que o pneu acaba ficando mais "grudado" ao chão, como se estivesse andando freando, estima-se que rodar com os pneus descalibrados aumenta o consumo em até 20%, o que faz muita diferença no lucro final; Além disso, esse hábito diminui a vida útil do pneu, fazendo com que você tenha que troca-lo mais rapidamente.

 

Em contrapartida, tome cuidado para não calibrar o pneu acima das instruções, pois isso pode causar no estouro do pneu, pois há um desgaste maior no centro de rodagem, já que, muito cheio, o pneu fica mais "arredondado", tendo um menor contato de toda a área com o chão, além de afetar a estabilidade do veículo.

 

O ideal é ter o hábito de conferir pelo menos a cada 15 dias as condições do pneu, ou sempre que for pegar a estrada para longas viagens. A pressão correta dos pneus varia de acordo com o tipo de pneu e o modelo, porém todo fabricante deve informar aos consumidores qual a pressão correta. Geralmente, na parte interna da porta há um selo com essa informação, ou, dependendo do fabricante, essa informação é colocada no para-sol. Em caso de você não achar, no manual do proprietário constará.

 

Uma dica é tentar evitar fazer a calibragem com os pneus muito quentes, pois nessa situação, já há uma pressão dentro da câmara de ar causada pelo ar quente circulante. O indicado é rodar no máximo dois quilômetros até que seja feita a calibragem, caso não haja outra opção, acrescente 3 libras a mais que o recomendado, e assim que possível, com os pneus frios, faça uma nova avaliação, e se necessário, calibre com a quantidade correta.

 

Nunca se esqueça também de calibrar o estepe, e lembre-se de, nesse caso, por algumas libras a mais, para compensar o esvaziamento natural, assim, caso precise usa-lo em uma emergência, ele estará no ponto ideal.