DICA RDP Os Principais Riscos no Transporte de Cargas
Atualizada em: 22/03/2019 15:04

É sempre muito importante garantir a segurança no transporte de cargas, algumas falhas podem ocasionar em perdas e comprometer todos os investimentos realizados, sendo assim, separamos algumas informações sobre essa questão, principalmente sobre o gerenciamento de risco, além dos erros mais cometidos no transporte de carga.

O gerenciamento de risco é um processo conhecido e responsável por prevenir incidentes, como paradas inesperadas, desvio de rotas e imprudência humana. Essa prática parte da identificação de possíveis consequências que um motorista pode sofrer, sendo definidos planos para evitar ameaças de diversas naturezas, como acidentes e roubos.

Dentre esses procedimentos, podemos destacar as manutenções preventivas, programa de rastreamento do caminhão e bloqueio e desbloqueio remoto.

Os principais fatores do gerenciamento de riscos são: Negligência, imperícia e imprudência, e compreender cada um é essencial para garantir a segurança no transporte de cargas, saiba o que cada um significa:

 

NEGLIGÊNCIA

Negligência é quando o motorista não tem seu foco na direção, podendo assim cometer algum erro, acarretando em graves acidentes, sendo os acontecimentos mais frequentes causados pelo fato do motorista estar usando o celular enquanto dirige, ou mesmo mexendo no rádio e conversando com outras pessoas, perdendo por um pequeno estante a atenção, o que pode ser o suficiente.

 


IMPERÍCIA

A imperícia nada mais é que a falta de habilidade do motorista, quando o mesmo é mal treinado ou possui um conhecimento defasado, tendo como consequência uma maior probabilidade de acidentes.

Essa falta de habilidade faz com que o motorista não consiga evitar eventualidades que poderiam ser inibidas por alguém com mais experiência, como, por exemplo, transitar com caminhões transportando produtos com grande peso, no qual, o ideal seria que o motorista possua uma grande experiência para evirar possíveis tombamentos da carga.

 

IMPRUDÊNCIA

Também muito comum, a imprudência acontece principalmente quando o motorista está muito seguro de si e comete algum erro que parta propriamente dele, como por exemplo evitar o uso de EPI, quando necessário (acesse nossa matéria sobre o uso correto de EPIs) ou mesmo quando o motorista tenta realizar uma ultrapassagem em local proibido.